quarta-feira, 29 de maio de 2013

capítulo 46

                                  cap 46


ela negou com a cabeça e o encarou... ele parecia preocupado...
vanessa: estou gravida, zac. – o encarou com os olhos cheios de lagrimas.
ele arregalou os olhos e se levantou.
zac: o que? – ele tinha que ter ouvido errado.
vanessa: estou gravida... – com os olhos molhados. – estou esperando um filho teu...
ele pôs a mão no rosto e voltou a sentar, aquilo tinha que ser brincadeira, ou um pesadelo o que fosse! mas não podia ser verdade...
zac: você tem certeza vanessa? – implorando para que ela começasse a rir e dizer que era mentira, para se vingar por ele tê-la traído. mas não foi bem isso que aconteceu, para sua tristeza.
vanessa: tenho certeza. – entregando o envelope, ele o pegou. – estou com cinco semanas.
zac abriu o envelope e leu atentamente, e o pior que era verdade, vanessa estava gravida dele. mas por quê? sendo que ele tinha cuidado pra que ela não engravidasse, tinha lhe dado não só uma, mas duas pílulas do dia seguinte, porque tinham que falhar? justo com ele!
vanessa: porque eu engravidei zac? responda você não usou camisinha ou o que? – dizia com a voz embargada.
ele pôs a mão na cabeça e se apoiou na mesa, ela suspirou.
vanessa: diz zac!
zac: vanessa... naquele dia que eu tirei sua virgindade, lembra que eu estava protegido não lembra? – ela assentiu confusa. – meu amor àquela camisinha estourou. – ela arregalou os olhos.
vanessa: porque você não me disse? – o encarando fixamente.
zac: eu não queria que ficasse nervosa e preocupada.
vanessa: mas eu pelo menos podia me cuidar depois! – berrou indignada.
zac: mas eu te dei duas pílulas do dia seguinte vanessa! duas pílulas! – enfatizou. ela o encarou, nervosa. – eu também não sei porque não funcionou.
vanessa: quando você me deu essas pílulas zac?
zac: quando saímos com ashley, o scoot, o robert, no mesmo dia, você não lembra? – ela assentia. – eu te beijei enquanto colocava no seu suco, você tomou sem perceber e eu preferi esquecer isso...


vanessa: ah... – pôs a mão na cabeça. – aquele dia eu tomei comprimidos para dor de cabeça... com certeza cortou o efeito. – suspirou. – o que vamos fazer agora zac ? – ele a encarou e respirou fundo. 
zac: me encontre à noite na sala dos instrumentos, a gente vai resolver isso ok? – ela o encarou.
vanessa: o que vai fazer zac ? – dizia um pouco aliviada por dividir com ele sua preocupação.
zac: depois eu digo. – deu um selinho nela e saiu rapidamente, precisava fazer alguma coisa para resolver essa situação...
vanessa o encarou e pôs as mãos nos lábios, onde ele tinha acabado de beijar. levantou-se e saiu dali, voltou para o seu quarto e ashley e monique a bombardearam com perguntas, ela disse a reação de zac e as amigas se sentiram mais aliviadas assim como ela.
vanessa estava ansiosa para ir encontra-lo novamente, no estado que se encontrava se sentia muito melhor quando estava perto dele.

ao chegar à noite, vanessa recebeu um toque no celular, era ele dizendo que era para ela ir para onde tinham marcado. ela foi e ao chegar lá o encontra em um sofá, deitado olhando para i teto, parecia distraído...
vanessa: zac ... – chamou a atenção dele e ele a encarou.
zac: vem aqui vanessa. – se sentando e pedindo para que ela sentasse ao seu lado. ela foi até ele e sentou-se.
vanessa: e então? – suspirou. – pra que me chamou aqui?
zac: eu pensei num modo muito simples pra gente não se meter em confusão. – sorriu abertamente.
vanessa: o que? – cruzou os braços e ele pôs a mão no bolso.
zac: não sabe o trabalho que eu tive pra conseguir ela. – mostrando uma cartela que continha uma única capsula preta. vanessa encarou o comprimido e depois zac. – você toma, e eu juro que não vai doer nada, ele vai descer quando você menos esperar. – vanessa arregalou os olhos assustada.
vanessa: está me pedindo pra abortar o meu bebê? – com a voz tremula.


zac: pensa bem vanessa.. – se levantou e se agachou na frente dela. – nos dois somos muito novos pra termos essa responsabilidade... – ela o encarou e depois abaixou a cabeça. – você não concorda comigo?
vanessa: não sei zac... – suspirou. – está tudo muito confuso na minha cabeça... eu não sei o que fazer. – voltou a olha-lo.
zac: eu sei que você tem seus objetivos meu amor. eu também tenho os meus. e essa criança atrapalharia tudo!
vanessa começou a chorar e ele suspirou fechando os olhos. estava muito confusa, ela não queria ter um filho... mas abortar era uma coisa que desde novinha achava uma crueldade, nunca passou pela sua cabeça que um dia estaria em uma situação dessas.
zac: pega. – ela pega a pílula. – eu trouxe uma garrafinha de agua pra você tomar. – ela o encarou com lagrimas nos olhos.
vanesa: eu estou com medo... – colocando a mão na barriga.
zac: não precisa ter medo, eu vou ficar aqui contigo esperando ele descer. – disse pegando a garrafinha e entregando a ela. – o meu amigo me explicou tudo... só vai sentir uma dorzinha e ele vai descer quando você for ao banheiro. – suspirou. ele também não estava se sentindo bem nessa situação. mas não podia ter um bebê agora... tinha sua liberdade, suas farras e não tinha idade para ser pai.
vanessa: zac... – ele a encarou. – você quer matar o nosso filho... você tem noção do que é isso?
zac: claro que não vanessa! – mordeu a língua de leve. – ele vai ficar bem, vai para o céu, lá ele vai ficar melhor do que aqui, eu garanto isso pra você. 
vanessa: e eu? – enxugando as lagrimas. – como eu vou ficar depois de abortar zac? isso precisa de cuidados médicos.
zac: eu vou cuidar de tudo... – assentiu. – ninguém vai ficar sabendo disso, vamos fingir que nada aconteceu e retomar nossas vidas como sempre. vai ser mais rápido do que você imagina.

6 comentários:

  1. oo ñ a vany ñ pode abortar
    isso é uma das coisas que acho mas cruel
    e terrivel ñ sou a favou sou contra
    tomara que ela decida ñ abortar
    ai o zac diz intão vamos ter que nos casar
    por se ñ nossos pais ñ irão aceitar
    posta logo bjss

    ResponderExcluir
  2. não acredito qe o Zac quer fazer isso abortar o proprio filho ;@
    agora ele tem que responsabilidade e assumir a criança e não mata-la
    beijo , otimo capitulo :)

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAAaaaa
    Mano q é isso?Ela não pode abortar!
    Ela tem q falar pra mãe dela que vai acolher ela,e irá ajudar ela!Not,ela não pode abortar!
    Quero Zanessa dnv :(
    Mas,tá mt bom!Posta logo :3

    ResponderExcluir
  4. amei o capitulo *-*

    ResponderExcluir
  5. ahh, ela ñ pode abortar,
    ta mt bom cap posta logo

    ResponderExcluir
  6. nossa zac q canalha, querer abortar o proprio filho por causa das farras,
    e ainda quer te a vanessa de volta , ta mt bom posta logo

    ResponderExcluir